Artigo

Educar para prevenir. Resgate dos valores humanos

''Violência, Basta! Não vamos mais nos calar''.

Postado por Bibiana Michaelsen

Devido ao alto índice de violência doméstica e também do feminicídio, as pedagogas Fátima Machado e Vera De Bovi uniram-se para a elaboração de um projeto voltado a prevenção contra a violência de forma geral para crianças.

O Projeto, "Educar para prevenir, resgate dos valores humanos", visa abordar a Lei Maria da Penha com crianças da educação infantil, séries iniciais, ensino fundamental e nível superior.

A execução do projeto será por meio de atividades direcionadas a faixa etária de cada turma, também serão realizadas palestras para pais, responsáveis, professores, e demais pessoas envolvidas com crianças em risco de vulnerabilidade.

Um diferencial do projeto das pedagogas, é a visão que ambas tem em relação às crianças órfãs do feminicídio.  

Baseado na história dessas crianças que tiveram suas famílias destruídas por causa da violência dentro de suas residências, as professoras resolveram então dar um basta a tanta falta de informação que predomina dentro de alguns lares.

O que vai acontecer com essas crianças?

Se não forem bem acolhidas, se tornarão adultos que poderão até reproduzir a mesma violência sofrida no passado como uma forma inútil de se sentirem vingadas pelas perdas familiares ou simplesmente pessoas doentes e frustradas que viveram a mercê das suas feridas interiores.

Prevenir é a melhor forma de evitar muitas outras tragédias, como profissionais da Educação e com experiência em sala de aula, as duas colegas sabem que é dentro da escola que o aluno se revolta, não por ser rebelde ou indisciplinado, mas por olhar ao seu redor e ver alguns alunos usufruindo da família que lhes foi tirada de forma cruel e inesperada causando uma revolta muito grande e a sensação de impotência por não poder ou não saber como lidar com essa situação.

Muitas vezes, de abandono, pois nem toda família que acolhe um órfão do feminicidio está preparada para tamanha responsabilidade, em relação não apenas ao seu sustento e amparo legal mas a parte emocional e psicológica.

As professoras Fátima Machado e Vera De Bovi, estão engajadas no projeto para trabalhar a prevenção, com uma divulgação ampla através de redes sociais, projeto escrito, com o apoio do Ministério Público de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

As pedagogas começam um trabalho árduo, porém que futuramente colherá frutos produtivos, formando uma geração mais humana, justa, preparada para a vida em sociedade e também familiar, deixando no passado essa geração sangrenta e que não teve as mesmas oportunidade, talvez, de mudanças de hábitos positivos que a geração futura receberá dessas profissionais comprometidas com a Educação dentro da sala e também fora dela. 

''Violência, Basta! Não vamos mais nos calar''.

Por Fátima Machado e Vera De Bovi







Rede Nortesul de Comunicações Ltda. - CNPJ 09.284.014/0001-59
Contato (48) 3548-0108 (Whatsapp) - E-mail: contato@jornalnortesul.com