Fátima Machado

Guia de Sobrevivência: Ser Humano Malcriado, Gera caos social

08 Fevereiro 2018 15:05:00

Pais, os primeiros educadores - Pais tarefa complicada da vida II

É bem mais fácil encher as crianças de mimos que educar, porque isso envolve esforço, trabalho, reconhecer erros, saber pedir desculpas, mudanças comportamentais, reflexão sobre as necessidades principais e atitudes maduras para entender as funções mais complexas da inteligência.

Pais tomem muito cuidado, porque existe uma diferença bem acentuada de formar com seriedade e compromisso um ser humano para viver e atuar em sociedade, ou simplesmente criar um ser humano para a sociedade.

Façam vocês mesmos a seguinte pergunta: o que me ensinaram foi importante para a formação do que sou hoje?

O que fizeram com você e por você foi fundamental para a construção da pessoa que se tornou hoje na sociedade?

Se quiser ser pai/mãe inteligente, reflita sobre sua formação, o que lhe foi passado. Para fazer a diferença no cenário educacional se faz necessário mudanças de comportamento, estratégias de intervenção, respeito e aplicação dos valores que regem a sociedade e a criação de uma criança, não se educa com excesso de liberdade. A vida é feita de escolhas, então escolha subir no palco da vida e seja protagonista da sua história como pai/mãe. Não seja vítima, culpando-se por traumas, pelas privações a educação, o meio social que você foi criado, entre tantos outros fatores. Possuímos um alto capital intelectual que deve ser usado de maneira inteligente.

"que você seja um garimpeiro de ouro nos solos da mente de seus filhos.

E, ao garimpar, que você se transforme num inteligente educador.

E, se educar, que não tenha medo de fracassar, que não tenha medo de chorar, e, se chorar, repense sua vida, mas não desista, Dê sempre uma nova chance para si e para quem ama..."(Augusto Cury),

Por esse motivo engana-se os pais que pensam que colocar os filhos nas melhores escolas com excelentes profissionais e recursos de tecnologia avançada é o suficiente para ensiná-los a ter a mente livre e as emoções saudáveis. Transferir para a escola essa tarefa não substitui os papéis dos pais na educação e a formação dos seus filhos. Se a criança por meio de seus pais não aprender as habilidades fundamentais das inteligências, ele não saberá o que fazer quando cair no mercado de trabalho, quando precisar mostrar a sua imagem, buscar a construção de relações, casar, sonhar. Como buscar essas habilidades?

Com flexibilidade, com trabalho em equipe, com conversas, mostrando como lidar com as frustações, ensinando a ser tolerante, ser transparente, e ensinar a criança a pensar a médio e longo prazo. De que adianta o aluno ter tirado boas notas durante a vida escolar se na escola da vida ele é reprovado diariamente. Até porque aluno com desempenho escolar excelente não garante sucesso na vida. Temos que tomar cuidado para não passarmos estímulos estressantes para as crianças. Elas as crianças devem ser ensinadas a desenvolver um 'EU" que seja capaz de ser gestor de suas mentes.

De que forma as crianças são ensinadas a trabalhar em relação aos seus bloqueios e crenças falsas como aprender a pensar ser humano e não só somente como alguém que está inserido em um grupo político, religioso ou social. Cuidar para que o lado emocional do seu filho seja saudável é o mais importante na formação do ser humano, pais inteligentes deviriam cobrar mais isso nas escolas, deixar de lado a preocupação com excelentes notas, não se sobrecarrega a criança com tantas atividades e mostrar para os professores que o mais importante é trabalhar o lado emocional, além do intelectual. Se faz necessário um choque de lucidez até mesmo nas escolas mais tradicionais, mais clássicas para trabalhar primeiro com a emoção dos alunos para depois sim dar a eles o conhecimento necessário para aprender a viver em sociedade, e mesmo assim ....continua na próxima edição.









Endereço: Rua Nereu Ramos, 109 - Sala 01 - Centro - Passo de Torres - SC - Brasil
Atendimento: De segunda a sexta-feira | Das 8 às 18 horas
Facebook: Jornal Nortesul | Redação 48 3548-0108 contato@jornalnortesul.com WhatsApp:  9.9965-2523
Comercial | Classificados | Assinaturas 48 99660-1500 financeiro@jornalnortesul.com