Unesc

Estudantes da Unesc colaboram com pesquisa internacional sobre saúde mental

Certificados de participação emitidos pela London School foram entregues aos alunos nesta quinta-feira

Ascom - Postada por Bibiana Michaelsen
Foto: Milena Nandi

A primeira parte de um estudo na área de saúde coletiva desenvolvido por um grupo de instituições do Brasil e da Inglaterra, do qual a Unesc faz parte, foi concluído recentemente e para marcar o feito, os 40 estudantes do curso de Medicina da Universidade que atuaram na revisão sistemática dos artigos, receberam nesta quinta-feira (12/3), o certificado de participação, emitido pela London School of Economics and Political Sciences (Escola de Economia e Ciência Política de Londres), coordenadora do estudo que tem o objetivo de desenvolver ferramentas para auxiliar a gestão na área de saúde mental e no atendimento para a população jovem. 

O projeto Mentalkit irá socializar evidências científicas para "guiar" a conduta do profissional de saúde e também auxiliar na gestão de serviços, para entender os custos e investimentos em saúde mental. Na primeira etapa, os alunos do curso de Medicina da Unesc realizaram a revisão sistemática em cerca de 70 mil publicações. 

A pesquisa é dividida em três pacotes de trabalho: revisão sistemática da literatura (parte que os alunos da Unesc estão participando); levantamento de dados de saúde mental em crianças e adolescentes e desenvolvimento de uma caixa de ferramentas, que deve ser um website e/ou um aplicativo, já estejam disponíveis de maneira pública. 

Ele começou a ser desenvolvido ano passado e em novembro de 2019, profissionais das instituições parcerias estiveram na Unesc para oficializar a parceria com a Universidade e apresentar o projeto para a Secretaria Municipal de Saúde de Criciúma. Além da instituição inglesa e da Unesc, o estudo conta com a participação da Universidade Federal de Alagoas e da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. 





Segundo o professor do curso de Medicina e do Mestrado em Saúde Coletiva e agente de internacionalização da Unesc, Antônio Augusto Schafer, os alunos da Universidade participaram da seleção destes artigos, obedecendo vários critérios de inclusão e exclusão. "Nesta primeira fase, cerca de 40 alunos de Medicina da primeira, segunda e sétima fase participaram do estudo. Já estamos também selecionando estudantes para fazerem parte da segunda etapa, que é coletar os dados dos artigos selecionados para dar continuidade a essa revisão sistemática". 

A coordenadora do PPGSCol, Cristiane Tomasi, explica que na primeira parte da pesquisa, os alunos fizeram uma triagem dos artigos científicos publicados na língua portuguesa e inglesa, levando em conta o título e o resumo. Em seguida, os documentos foram encaminhados aos professores do Mestrado em Saúde Coletiva, que fizeram a validação do material. "Os alunos participaram da primeira etapa e quem passar para a segunda etapa vai fazer uma leitura mais profunda de dados dos artigos publicados". 

 Para a próxima fase do estudo, os acadêmicos da Unesc passarão por um treinamento com pesquisadores da Unesc e da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul. 






Rede Nortesul de Comunicações Ltda. - CNPJ 09.284.014/0001-59
Contato (48) 3548-0108 (Whatsapp) - E-mail: contato@jornalnortesul.com