Araranguá

Apresentadas na reunião do Colegiado Regional de Governo de Araranguá atividades da Coordenadoria Regional da FATMA

07 Dezembro 2017 16:48:14

É um trabalho complexo, feito com cautela e com muita competência pelos nossos técnicos'

Foto: Leneza Della Krás

Na pauta, a explanação das atividades desenvolvidas na Coordenadoria Regional da FATMA (Fundação do Meio Ambiente) de Criciúma. A apresentação foi feita pelo Gerente de Desenvolvimento Ambiental, Filipe Barchinski da Silva.   O Gerente de Desenvolvimento Ambiental explanou ao grupo que a Fundação do Meio Ambiente (Fatma) foi transformada em Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA). O projeto de lei 0438.5/2017 de autoria do Governo do Estado foi aprovado por unanimidade nesta quarta-feira, 6, e visa atualizar e modernizar a estrutura do órgão ambiental que ainda é da década de 1970. Segundo Barchinski, com a aprovação, a Fatma passará a ser uma autarquia, continuando com o vínculo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Sustentável.  A Coordenadoria Regional da FATMA de Criciúma abrange 27 Municípios das Regionais de Araranguá e Criciúma. A Fundação tem a missão de garantir a preservação dos recursos naturais, por meio de ações como gestão de Unidades de Conservação Estaduais (na região há a Reserva do Aguaí); da fiscalização, que busca evitar que recursos naturais sejam degradados ou explorados irracionalmente até a extinção; de licenciamentos ambientais, que garantem a conformidade de obras; do Programa de Prevenção e Atendimento a Acidentes com Cargas Perigosas, em conjunto com a Defesa Civil de Santa Catarina; do Geoprocessamento, na realização de levantamento e processamento de informações sobre o território catarinense obtidas através de imagens de satélite; de Estudos e Pesquisas Ambientais; e da pesquisa da Balneabilidade, um monitoramento da qualidade das águas do mar para o banho humano (na região são 214 pontos monitorados).   Segundo o Gerente de Desenvolvimento Ambiental, o trabalho da coordenadoria de Criciúma é centrado principalmente em licenças ambientais. Em 2016 foram emitidas 405 licenças e neste ano, já foram concedidas até o momento 457 licenças. "É um trabalho complexo, feito com cautela e com muita competência pelos nossos técnicos", destacou.








SOSDesaparecidos.fw.png

Nayany Aysha Adriano

Foi vista pela última vez em 20 de julho de 2016, em Florianópolis/SC

Endereço: Rua Nereu Ramos, 109 - Sala 01 - Centro - Passo de Torres - SC - Brasil
Horário de atendimento
De segunda a sexta-feira | Das 8 às 18 horas

Facebook: Jornal Nortesul | Redação 48 3548-0108 contato@jornalnortesul.com

WhatsApp:  9.9965-2523

Comercial | Classificados | Assinaturas 48 99660-1500 financeiro@jornalnortesul.com