Investimento

Intenção de investir na indústria de SC cresceu 35% em abril

O número representa uma alta de 35,1% em relação aos 53,2 pontos registrados em março

Foto: Julio Cavalheiro Secom

A intenção de investir na indústria de Santa Catarina marcou 71,9 pontos em abril, segundo dados da Federação das Indústrias de SC (Fiesc) divulgados nesta quarta-feira (5). O número representa uma alta de 35,1% em relação aos 53,2 pontos registrados em março. A escala vai de 0 a 100.

Apesar do aumento, o índice estadual em abril (71,9) ainda está atrás do que foi apurado em janeiro (72) e fevereiro (73), mas mostra uma recuperação após o período mais crítico da pandemia em 2021, quando houve fechamento de atividades em algumas regiões do Estado e restrições de circulação.

A intenção de investir em Santa Catarina permanece acima da média nacional. Em abril, o indicador marcou 55,7 pontos no país, resultado de estabilidade na comparação com os 55,8 pontos de março. No Estado, a intenção é 29% maior.

Outro dado que está à frente da média nacional é a confiança do empresário da indústria, com 57,2 pontos em Santa Catarina em abril, contra 53,7 pontos no país.

Expectativas de mercado

Também nesta quarta, a Fiesc divulgou balanço de expectativas de mercado. O boletim destaca que o mercado subiu para 3,14% a previsão de crescimento do PIB nacional em 2021, o que demonstra sinais de recuperação da atividade econômica. O documento é elaborado com base no relatório Focus, do Banco Central.

Em relação à inflação, o mercado voltou a revisar para cima o índice IPCA, cuja mediana fecha o ano em 5,04%. A expectativa é de que 2022 encerre com inflação de 3,61%. Já a previsão para a taxa básica de juros manteve-se no patamar da semana passada, em 5,5% ao ano. De acordo com as expectativas do mercado, em 2022 a Selic deve chegar a 6,25%.




Rede Nortesul de Comunicações Ltda. - CNPJ 09.284.014/0001-59
Contato (48) 9.9969-9392 (Whatsapp) - E-mail: contato@jornalnortesul.com