Trânsito

Caminhão arrasta moto por 32 km na BR 101

A caroneira grávida morreu no hospital, o condutor da moto escalou a cabine do caminhão tentando fazer o caminhão parar

Foto: reprodução do vídeo

Com mais de 28 horas sem dormir e com capacidade psicomotora alterada o motorista de uma carreta atropelou uma moto na BR 101 com um casal em Piçarras e arrastou a mesma até Camburiú. O acidente aconteceu na tarde da última sexta-feira no bairro São Cristóvão em Penha envolvendo uma carreta Mercedes Bens com placas de Taquara, RS e uma moto Kawasaki

O desespero percorreu um total de total de 32 km com a moto presa na frente da carreta, populares tentavam chamar a atenção do caminhoneiro, sem sucesso.

 A mulher caroneira da moto que estava grávida, caiu e a carreta passou por cima, o condutor da moto permaneceu sobre a mesma e escalou o caminhão até chegar na porta do condutor e em desespero pedia para ele parar sem nenhuma resposta, a esposa do condutor da moto que foi levada de helicóptero acabou falecendo no hospital.

Quando o motorista parou, populares retiraram o motorista do caminhão a força e foi agredido até a chegada da polícia.

Na delegacia o caminhoneiro confirmou o uso de rebites e o período de 28 horas sem dormir.

VEJA O VÍDEO GRAVADO POR POPULARES




Rede Nortesul de Comunicações Ltda. - CNPJ 09.284.014/0001-59
Contato (48) 9.9969-9392 (Whatsapp) - E-mail: contato@jornalnortesul.com